fbpx
Insumos agrícolas: o que são?

Insumos agrícolas: o que são?

Agronegócio no Brasil 4 de fev de 2022
Insumo
Postado por: Insumo Agrícola

Os insumos agrícolas cumprem um papel indispensável na agricultura melhorando a qualidade e produtividade na agricultura. Insumos agrícolas são os elementos necessários para a produção de certo produto ou algum tipo de serviço. São compostos por defensivos agrícolas para o controle de pragas, fertilizantes para nutrir os solos e vegetais, equipamentos e máquinas para viabilizar o plantio e o cultivo.

Estes insumos são utilizados de duas maneiras distintas: como fatores de produção e como matéria-prima. Fatores de produção consistem no capital, lucro, jornada de trabalho, máquinas e equipamentos.

Já a matéria-prima representa a parte mais importante do produto e é utilizada com outros insumos durante o processo de produção.

Tipos de insumos agrícolas

Insumos biológicos

Os insumos agrícolas biológicos se encaixam em todo composto orgânico utilizado na produção agrícola, como esterco animal, fertilizantes naturais, adubos, insetos como abelhas polinizadoras ou predadores de pragas, restos de colheitas antigas que se misturam ao sol, etc.

Insumos químicos

Os insumos químicos para o setor agrícola incluem materiais vindos de minerais e rochas, como o calcário. Esse processo segue a mesma lógica dos adubos químicos e defensivos agrícolas.

Insumos mecânicos

Os insumos agrícolas mecânicos são constituídos pelas máquinas, equipamentos, metodologias e implementos agrícolas, que também concentram as inovações tecnológicas. Alguns dos mais comuns são:

  • Arados;
  • Semeadeiras;
  • Tratores agrícolas;
  • Pulverizadores,
  • Equipamentos de irrigação.

As máquinas e implementos agrícolas são grandes aliados nas rotinas rurais e na execução das tarefas, resultando em uma maior rapidez dos processos e rentabilidade.

A importância do uso de insumos agrícolas se dá a partir do investimento na tecnologia. A tecnologia avançada no setor do agronegócio possibilita uma forma mais econômica e sustentável dos insumos. Com isso, é possível o controle da produtividade e crescimento em alta escala – maior lucratividade com a redução do uso de água, combate a pragas e ervas daninhas, obtendo melhor qualidade do solo fértil utilizado.

Diferença entre insumo e matéria-prima

Muitas vezes existe um equívoco de interpretação, onde os produtos são classificados como de “uso e consumo”, quando, na verdade, representam materiais de utilização direta na produção. Abaixo temos uma breve explicação para facilitar a classificação.

Matéria Prima

Também conhecidos como materiais de utilização direta na produção, são aqueles imprescindíveis na produção de um determinado produto.

A matéria prima é o material que se agrega fisicamente ao produto que está sendo fabricado, tornando-se parte dele.

Exemplos:

  • Embalagens ou rótulos;
  • Se você for uma cerâmica: argila para produzir tijolos;
  • Caso você for da indústria moveleira: madeira para produzir móveis;
  • Se você é uma indústria têxtil: algodão para produzir tecido;
  • Se você for uma camisaria: tecido para produzir camiseta.

O material para uso e consumo refere-se ao que é usado nas atividades comerciais, operacionais ou administrativas da empresa, desde que não se agregue fisicamente ao que está sendo produzido.

Podemos citar como exemplo o café consumido no escritório, papéis, canetas, marca texto utilizados internamente pela equipe, ou, a graxa de alguma máquina da produção.

Insumo

O insumo pode ser visto como fator de produção (como máquinas) ou como matéria prima. É utilizado no processo de produção agregando ou não ao que está sendo produzido.

Como exemplo podemos citar a argila para produzir os tijolos e o próprio forno usado para queimar os tijolos, ou seja, a matéria prima (argila) é um insumo e, também, o forno que é um ativo imobilizado classificam-se como insumo.

  • Imagine uma indústria cerâmica de tijolos:
  • A argila para produzir os tijolos é uma matéria prima classificada como insumo;
  • A lenha utilizada no forno para queimar os tijolos é um material de uso e consumo classificado como insumo;
  • O próprio forno usado para queimar os tijolos é um ativo imobilizado classificado como insumo.

Os insumos agrícolas são parte essencial neste planejamento, porque compreendem os mecânicos (equipamentos e máquinas), os biológicos (elementos de origem vegetal ou animal, restos de culturas, estercos, sementes e mudas, microrganismos, algas, etc.) e por fim os minerais ou químicos (fertilizantes, pós de rocha, defensivos agrícolas).

Saiba mais!

Acompanhe o blog da Insumo Agrícola para ficar por dentro de tudo que acontece no mundo do agronegócio, além de conhecer dicas e informações importantes para a sua lavoura!

Compartilhe esse conteúdo

Insumo Agrícola

Insumo

Deixe seu comentário

Materiais exclusivos

PARA VOCÊ
Agricultura 5.0: o momento é agora!
Agrotech 10 de maio de 2021

Agricultura 5.0: o momento é agora!

Agricultura 5.0 é a modalidade de produção agrícola que utiliza big data e inteligência artificial para atingir alta precisão...

LEIA MAIS