fbpx
Biotecnologia na agricultura: seu guia definitivo!

Biotecnologia na agricultura: seu guia definitivo!

Agrotech 9 de ago de 2023
Mariana
Postado por: Mariana Soares

A aplicação da biotecnologia na agricultura já é uma realidade!

Por meio de técnicas avançadas — como engenharia genética e cultura de tecidos vegetais —, essa ciência consegue melhorar as plantas de maneiras inimagináveis. 

Assim, podemos ver o surgimento de cultivos cada vez mais resistentes a pragas e doenças, por exemplo, com maior produtividade e qualidade nutricional. 

Mas isso ainda é pouco para explicar a dimensão da biotecnologia agrícola. Quer saber mais?

Neste artigo você entenderá o que é biotecnologia, como a área surgiu e quais são os benefícios da sua aplicação na agricultura. Veja só!

O que é biotecnologia na agricultura?

A biotecnologia na agricultura é a aplicação de tecnologias baseadas em sistemas biológicos para a melhoria dos processos agrícolas.

Assim, na definição da ONU, a biotecnologia pode ter 3 bases:

  • Sistemas biológicos;
  • Organismos vivos;
  • Derivados dos sistemas e organismos.

Essa área da biotecnologia busca desenvolver e aplicar tecnologias como a engenharia genética e a manipulação de DNA.

Isso, claro, com o objetivo de aumentar a produtividade, melhorar a resistência a pragas e doenças, melhorar a qualidade dos alimentos e reduzir o impacto ambiental da agricultura.

Quando e como surgiu a biotecnologia?

De certa forma, a biotecnologia tem sido aplicada há milênios pelas pessoas, mesmo sem tanto conhecimento.

O pão e a cerveja, por exemplo, já eram produzidos na antiguidade graças à manipulação de microrganismos.

Mas o que hoje chamamos de biotecnologia moderna teve seu primeiro marco com a descoberta do DNA, em 1953, por Watson e Cricket.

E em 1972 uma técnica pioneira surgiu: a tecnologia do DNA recombinante, que possibilitou maior controle das intervenções com os organismos.

Assim nasceu um dos maiores avanços da história e que é aplicado em diferentes áreas, como a agricultura.

Quais são as aplicações da biotecnologia na agricultura?

Existem muitas aplicações possíveis.

Veja a seguir exemplos das aplicações mais bem-sucedidas da biotecnologia na agricultura!

Biotecnologia e sustentabilidade agrícola

É isso mesmo! A aplicação da biotecnologia na agricultura contribui diretamente para a sustentabilidade agrícola. 

Por reduzir o uso de agroquímicos, otimizar o uso de recursos naturais e melhorar a saúde do solo, essa abordagem impulsiona a prática de uma agricultura mais amigável ao meio ambiente.

Controle de pragas

A biotecnologia pode ser usada para melhorar significativamente o controle de pragas.

Um desses exemplos é a utilização estratégica de inimigos naturais das pragas para controlá-las. 

Assim, é possível reduzir o uso de pesticidas químicos, economizando recursos e promovendo mais sustentabilidade.

Mas isso não é uma grande novidade no nosso país, sabia?

Segundo a Embrapa [1], o Brasil tem o maior controle biológico de pragas no mundo inteiro! 

Por isso, continuar com tais práticas significa manter um dos nossos maiores destaques internacionais.

Resistência em plantas

Graças aos avanços da biotecnologia, podemos criar plantas cada vez mais resistentes a fatores como:

  • Períodos mais secos;
  • Temperaturas extremas;
  • Estresses ambientais;
  • Certas doenças;
  • Certas pragas.

Essas culturas resilientes garantem colheitas mais estáveis, mesmo em condições adversas, contribuindo para a segurança alimentar global.

Além disso, essa faceta da biotecnologia transforma a vida do agricultor, já que esses impactos positivos geram maior estabilidade e segurança para as colheitas.

Produtos agrícolas de maior qualidade

Entre os resultados alcançados pela biotecnologia está o aumento da duração de alimentos, por exemplo.

Além disso, essas tecnologias podem ser usadas para modificar os produtos de acordo com o desejo das empresas e consumidores.

Podemos mudar, por exemplo, cheiros e texturas para entregar produtos agrícolas mais desejáveis.

Assim, é maior satisfação do consumidor e menor desperdício. Nada melhor, não é?

Diminuição de solos contaminados

Com a biotecnologia também se pode criar solos mais resistentes e saudáveis, diminuindo a contaminação.

Um exemplo dessa aplicação ocorre quando se coloca plantas transgênicas em um solo específico.

Essas plantas, por sua vez, aumentam não só a produtividade, como também auxiliam no controle de pragas e contaminações.

Qual a importância de aplicar a biotecnologia na agricultura?

Se você ainda tem dúvidas da importância de aplicar a biotecnologia na agricultura, que tal lembrarmos agora de todas as possibilidades?

Veja a seguir 12 benefícios da biotecnologia agrícola!

  • Aumento da segurança alimentar mundial;
  • Menor desperdício de alimentos;
  • Maior economia produtiva;
  • Mais inovação;
  • Melhora significativa na produtividade e na previsibilidade agrícola;
  • Redução do uso de agroquímicos;
  • Biofortificação de cultivos;
  • Personalização dos produtos agrícolas, incluindo fatores como textura e sabor dos alimentos;
  • Maior resistência a pragas e doenças diversas;
  • Produção de culturas não convencionais, que não eram sequer imaginadas antes da biotecnologia;
  • Reabilitação de solos degradados;
  • Aumento da sustentabilidade agrícola, incluindo a preservação da biodiversidade.

Viu? São muitos os motivos para se considerar a adoção da biotecnologia no seu ecossistema agrícola.

E apesar do nome, esse conjunto de práticas pode ser muito mais simples e barato do que se pensa. 

O importante é que você, agricultor, estude quais práticas cabem no seu bolso e quais fazem sentido para o seu negócio.

Insumo Agrícola: a plataforma que conecta o agro brasileiro

E aí, descobriu algo novo sobre a aplicação da biotecnologia na agricultura? Não deixe de falar conosco em caso de dúvidas!

E se você gosta de conteúdos como esse, continue lendo o blog especializado da Insumo Agrícola.

A Insumo Agrícola viabiliza as melhores oportunidades de compras e vendas de fertilizantes, herbicidas e sementes através da conexão entre produtor, distribuidor (revenda, cooperativa, etc.) e fabricante (misturadoras e importadores). 

Conheça nossa plataforma

Fontes do artigo

[1] https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/17961489/biotecnologia-aplicada-ao-controle-biologico-de-pragas-e-abordado-em-curso 

[2] https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/17916880/perguntas-e-respostas-sobre-plantas-transgenicas 

Compartilhe esse conteúdo

Mariana Soares

Mariana

Deixe seu comentário

Materiais exclusivos

PARA VOCÊ
Agricultura 5.0: o momento é agora!
Agrotech 10 de maio de 2021

Agricultura 5.0: o momento é agora!

Agricultura 5.0 é a modalidade de produção agrícola que utiliza big data e inteligência artificial para atingir alta precisão...

LEIA MAIS