fbpx
Agricultura de Precisão: entenda os benefícios e as tecnologias utilizadas

Agricultura de Precisão: entenda os benefícios e as tecnologias utilizadas

Enciclopédia Agro 9 de ago de 2023
Mariana
Postado por: Mariana Soares

A agricultura de precisão é uma forma de gerenciamento cada vez mais essencial na vida do agricultor.  

O conceito se refere a um ramo da agricultura que se diferencia da tradicional, pelo uso de tecnologia aplicada no plantio. Tudo para criar plantações com o melhor custo-benefício possível.

Quer saber mais? Então entenda agora o que é agricultura de precisão e porque o conceito é tão relevante!

O que é a agricultura de precisão?

Segundo o Ministério da Agricultura, “a agricultura de precisão é um sistema de gerenciamento agrícola baseado na variação espacial e temporal da unidade produtiva” [1].

Em outras palavras, isso significa que esse gerenciamento leva em conta características como o tempo e o espaço para criar e aplicar técnicas avançadas. 

E o objetivo dessa precisão é justamente alcançar melhores resultados, tanto para a natureza quanto para os negócios agrícolas.

Hoje, podemos aplicar, na agricultura de precisão, muitos equipamentos, recursos, técnicas e outros aparatos tecnológicos. 

Portanto, o termo se refere à tecnologia aplicada no plantio e na atividade agrícola.

Os resultados são produtos melhores, colheitas e hortaliças mais saudáveis e menor desperdício de recursos.

Com a tecnologia correta administrada aos processos do trabalho, as colheitas também podem se tornar ainda mais numerosas e frutíferas. 

Mas claro que a agricultura de precisão considera muitos fatores antes de chegar à prática.

É preciso um estudo de solo, um apanhado geográfico a respeito de onde a plantação está localizada, e também um amplo entendimento a respeito do produto plantado. 

Todos esses conhecimentos fazem parte do conceito de agricultura de precisão.

Ou seja, no momento em que o agricultor ou fazenda aplica este tipo de agricultura, estão considerando todos esses fatores.

Quais os benefícios da agricultura de precisão?

A agricultura de precisão vem para levar mais profissionalização e modernização para as lavouras. 

Por isso, agricultores que apostam na tecnologia para conseguir melhores resultados podem esperar safras saudáveis, menos perda de produtos e mais previsibilidade em suas produções.

Em nosso país esse tipo de modernização é ainda mais necessária. Afinal, o Brasil é conhecido por muitas nações como “a dispensa do mundo”, porque a atividade agropecuária em nosso país é uma das mais fortes do planeta.

A agricultura representa cerca de 5% do PIB nacional, e movimenta R$ 100 bilhões em exportações anuais [2]. Inclusive, a relação entre exportação e importação é um fator de equilíbrio fiscal muito relevante para o mercado brasileiro.

Se queremos continuar neste ritmo, é importante aplicar a tecnologia na produção agrícola, e garantir, assim, melhores resultados em nossas colheitas e na produção agrícola como um todo. 

Entre as principais vantagens deste tipo de agricultura, podemos citar:

  • Redução de riscos e perdas nas lavouras;
  • Um combate mais eficiente a pragas;
  • Capacidade de tomar decisões baseadas na produção científica;
  • Melhoria no controle de toda a atividade agrícola, incluindo monitoramento eletrônico e digital de toda a safra;
  • Diminuição de certos custos de produção e manutenção da lavoura;
  • Colheitas mais abundantes e frutíferas;
  • Maior qualidade e longevidade do solo com manutenção científica adequada;
  • Melhorias em sistemas como plantio, irrigação e colheita.

Quais são as tecnologias utilizadas na agricultura de precisão?

Explicamos bastante sobre a definição da agricultura de precisão, mas quais seriam seus elementos? 

Conheça agora os elementos e tecnologias mais comuns em projetos de agricultura de precisão:

Sensores agrícolas

Sensores agrícolas são instrumentos diversificados, que existem para funções distintas. 

Com eles, é possível identificar as condições do solo, do clima e as qualidades gerais e ambientais para a produção.

Por terem funções diversas, esses instrumentos podem ser utilizados de modo estratégico em distintas etapas da produção. 

No início, para o planejamento da plantação, os sensores podem identificar as condições gerais do solo, se o clima está adequado e outras informações essenciais.

Durante o ciclo de produção, os sensores também são essenciais, por identificar secas, alterações climáticas e outros fatores de risco para a plantação e, assim, preparar o agricultor para tomar medidas preventivas.

Esses sensores também variam de tamanho, qualidade e capacidade. 

Além disso, alguns utilizam satélites para uma identificação mais acurada, já outros, como os sensores de solo, são mais modestos.

Zoneamento Agrícola

A disciplina que se dedica a estudar as condições do clima e como podem impactar a agricultura se chama zoneamento agrícola

Esses estudos procuram identificar não só todas as condições climáticas possíveis de ocorrer em determinado local, mas também como cada uma delas pode impactar a lavoura.

No Brasil a área é representada pela ZARC — Zoneamento Agrícola de Risco Climático —, que funciona segundo o estabelecido no decreto n°. 9.841 [3]. 

Os levantamentos de zoneamento agrícola realizados pelo governo estão disponíveis em portarias da Secretaria de Políticas Agrícolas.

Irrigação de precisão

A irrigação de precisão é o método combinado com a mais atual tecnologia. 

O recurso consiste em soluções de irrigação inteligentes, utilizando como base Big Data, inteligência artificial e softwares de última linha.

Com a irrigação de precisão, é possível um uso muito mais sustentável da água, é um método de irrigação mais limpo e independente, na medida certa para tratar o solo e a lavoura. 

Drones agrícolas

Drones agrícolas são uma alternativa barata para solucionar alguns problemas já antigos da agricultura, sabia?

Com eles é possível ter imagens exatas e adequadas da condição do plantio na lavoura.

Também é possível ter uma ideia mais acertada de como está a plantação e se há problemas a serem resolvidos no coração da plantação. 

Com os drones agrícolas também é possível irrigar, pulverizar e até encontrar animais perdidos.

Etapas da aplicação de agricultura de precisão

Antes de aplicar a agricultura de precisão, é preciso conhecer suas etapas e passos essenciais

As etapas são:

  • Coleta de dados sobre o solo, aquilo que será plantado, clima, entre outros;
  • Planejar e gerenciar os recursos e a própria tecnologia disponível;
  • Aplicar os insumos adequadamente;
  • Avaliar os resultados obtidos.

Com esses passos e etapas essenciais você com certeza estará preparado para implementar esse conceito para otimizar o seu trabalho.

Quando aplicar a agricultura de precisão

E quando utilizar este tipo de agricultura? Há uma hora exata? 

A resposta é não. 

A agricultura de precisão é uma tendência natural do mercado e deve ser utilizada desde a menor lavoura até as lavouras maiores e mais produtivas.

Trata-se de uma filosofia, um método de encarar a atividade agrícola e de se preparar para a produção. 

É mais um estilo de levar sua própria produção do que uma estratégia a ser adotada de maneira particular ou episódica.

Portanto, toda atividade agrícola deve, desde sempre, utilizar as práticas que mencionamos acima, apostando em uma plantação mais moderna, eficiente e produtiva.

Insumo Agrícola: a plataforma que conecta o agro brasileiro

E aí, descobriu algo novo sobre a agricultura de precisão? Não deixe de falar conosco em caso de dúvidas!

E se você gosta de conteúdos como esse, continue lendo o blog especializado da Insumo Agrícola.

A Insumo Agrícola viabiliza as melhores oportunidades de compras e vendas de fertilizantes, herbicidas e sementes através da conexão entre produtor, distribuidor (revenda, cooperativa, etc.) e fabricante (misturadoras e importadores). 

Conheça nossa plataforma

Fontes do artigo

[1] https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/sustentabilidade/tecnologia-agropecuaria/agricultura-de-precisao-1/arquivos-de-agricultura-de-precisao/conceitos-relacionados-a-agricultura-de-precisao-1.pdf 

[2] https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/politica-agricola/todas-publicacoes-de-politica-agricola/agropecuaria-brasileira-em-numeros/abn-05-2022.pdf 
[3] http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2019-2022/2019/Decreto/D9841.htm

Compartilhe esse conteúdo

Mariana Soares

Mariana

Deixe seu comentário

Materiais exclusivos

PARA VOCÊ
Agricultura 5.0: o momento é agora!
Agrotech 10 de maio de 2021

Agricultura 5.0: o momento é agora!

Agricultura 5.0 é a modalidade de produção agrícola que utiliza big data e inteligência artificial para atingir alta precisão...

LEIA MAIS